Matrioska – pelo som dessa palavras talvez você identifique aquelas bonecas russas, umas dentro das outras, talhadas em madeira e pintadas com motivos camponeses e cores vibrantes. Matrioska tem som de “russo” e é um nome que lembra “mãe” – e tem tudo a ver.

Matrioscas Russas

O que são as matrioskas?

Matrioska deriva de Matriona, um nome próprio clássico russo muito comum no final do século XIX no qual se identificam as mães em geral (maika, mat = mãe) e as matronas. Algumas matrioskas, no entanto, são conhecidas como “Babuskas”, que quer dizer avózinha (avó – Baba). Então, o que nos mostram as matrioskas?

Uma boneca dentro da outra, cópia exata ou não da anterior, até que o tamanho não permita mais um entalhe – como um “aninhamento ou nidificação”, o ser que vem do ser, a avó, a mãe, a filha!

O significado das matrioskas, atualmente, é mais emblemático do que suas origens. Estas pequenas bonecas são o “símbolo da personalidade e projeção da alma no espaço”, afirmam os artesãos que as fazem, ainda hoje (Art of Matrioska).

Através de sua forma simples – arredondada, acolhedora – é contada a história da maternidade, do amor. Este é o significado original que também se estende para contar a história das famílias russas de origem camponesa onde a mulher mais velha, a avó, era quem traçava o rumo cultural deixando nos seus, filhos, netos e bisnetos, sua semente

Mas, a matrioska não é de origem russa…

Supõe-se que a origem das Matrioskas russas é, na verdade, uma imagem japonesa de Buda, entalhada em madeira, que chegou a Moscou quando terminava o século XIX trazida por Savva Mamontov, fundador do círculo artístico da Colônia Abramtsevo.


bonecas japonesas conhecidas como kokeshi

O Buda japonês tinha, no seu bojo, outras 4 estatuetas idênticas. Engraçado é que, “as bonecas ocas japoneses, geralmente, são em grupos de 7representando os deuses internos”. E, bem, há também as caixas laqueadas, chinesas – claro, tudo isso é especulação sobre a origem mas… não se pode negar que lembram as bonecas japonesas conhecidas como kokeshi, bonecas que representam crianças falecidas, feitas com a ideia de preservar e cuidar seus espíritos.

Foi na Exposição Mundial de Artes de 1900, em Paris, que a matrioska ganhou popularidade e reconhecimento como “boneca russa” 4 em 1: as matrioskas tradicionais eram compostas por 3 bonecas ocas, femininas, umas dentro das outras, representando “avó, mãe e filha” e uma última, um bebê compacto, uma boneca masculina ou uma miniatura das anteriores.

Matrioska: Curiosidades, Origeme e significado dessas populares bonecas russas
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat